segunda-feira, 11 de abril de 2011

Hoje...

Seria dia de homenagens, seria dia de festas, de prendas, de convívio, de carinhos, de amores.
Seria dia de lhe escrever um post, a ele, a dizer-lhe tudo o que sinto, tudo o que penso, de lhe dar a mão e sorrir, de lhe dar abraços, como se fossem os últimos, mas os últimos já aconteceram e agora já não há abraços, só recordações, porque ele já partiu, e o que quer que lhe escreva agora parece sempre tão pouco.
Seria dia de lhe escrever um post, a ela, a explicar-lhe as coisas, a vida, a dizer-lhe que me recordo de cada momento só nosso, desde o dia em que nasceu até ao dia que me foi roubada. O post dela, talvez seja escrito, um dia destes, já que nunca vou poder dizer-lhe nos olhos.
Quis a vida que o mesmo dia fosse dos dois, quis a vida que estas feridas que ainda tenho no coração tenham sido feitas pela partida, embora que diferente, dos dois. Quis a vida...

13 comentários:

  1. Pra mim que estou ligeiramente lamechas hoje, este posto foi totalmente indicado. não sei quem te faz falta, de quem te despedes, e nem sei se já passei por algo parecido, por isso só te posso deixar uma beijoca, visto que não sei nada né... ;)

    ResponderEliminar
  2. A vida pode ser bela... mas muitas vezes é muito "cabra".
    Cabe a cada um de nós aceitar com resignação o que não puder ser de outro jeito, e lutar até ao fim por aquilo que queremos para nós.

    Deixo-te um Grande Beijo.

    ResponderEliminar
  3. Concordo com a Orquídea.
    A vida as vezes é tão cruel. bjo.

    ResponderEliminar
  4. Lamento muito querida... a vida é madrasta.

    ResponderEliminar
  5. Isto de viver tem muito de bom e tanto de mau. É andar ali na corda bamba entre sorrisos e lágrimas e esperar que o segundo a seguir seja melhor...
    Lamento!

    ResponderEliminar
  6. nem tudo são rosas. é pena ver quem gostamos a partir. doi muito. mas há que ter força e levantar a cabeça. o caminho faz-se para a frente, sempre. beijinhos, loira

    ResponderEliminar
  7. Olá minha linda...
    Já percebi que é um dia complicado para nós as duas...

    Beijo grande

    ResponderEliminar
  8. E quando a vida quer, nada há a fazer, a não ser aceitar - com mais ou menos dor - o que designou para nós... No entanto, mais difícil que suportar a dor é aceitar....

    Um beijinho querida...

    ResponderEliminar
  9. Tb não sei de quem e do que te despedes. No entanto sei o que é a dor de perder-mos alguém...seja de que forma for

    ResponderEliminar
  10. Perder é uma dor sem limite...

    Eu sei que vais ficar bem. Porque tu és uma miúda que merece tudo de bom.
    ;)

    ResponderEliminar

Aqui não há censura...