sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Diz que é um concurso literário

A boa da Pipinha disse: Escrevei. E eu escrevi:


Eu gosto é da Primavera
E de andar pela rua a espirrar
A porcaria do frio, já era
E as pessoas já não passam a vida a reclamar.
A Primavera é alegria, a Primavera é amor
Atchim... Atchim... (desculpem lá)
A Primavera são roupas frescas, a Primavera é cor,
Atchim... Atchim... (que merda, pá)

Eu gosto é do Verão
E de andar sempre a suar
Ponho metade das mamas de fora
E mal consigo respirar.
No Verão vai tudo a correr para a praia
E eu vou para a montanha pedalar
Quando me virem alapada na areia
Por favor, mandem-me internar.

Eu gosto é do Outono,
E de ver as folhas a cair
Esta é a minha estação do ano preferida
Neste poema não vos posso mentir.
No Outono cheira a terra molhada
E há um mundo inteiro para curtir
O Natal está quase a chegar
E só me apetece dormir sorrir.

Eu gosto é do Inverno
E de passear de guarda-chuva na mão
Sentar-me a ler e a comer chocolates no sofá
E de ficar gorda como um leitão.
No Inverno, mesmo a tremer de frio
Vou andar de bicicleta a chover
No final tomo um banho bem quente
E depois vou para o sofá foder.


O meu pai diz-me desde pequena
E é hoje que vos vou contar
Filha, tu gostas de toda a puta merda
E isto, este poema pode provar.

6 comentários:

  1. O teu pai é o maior!!
    ahahahaha Isto é muita concorrência e da boa!

    ResponderEliminar
  2. E depois vou para o sofá foder????
    Mas... mas... e tens força nas pernas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faz tudo parte do treino Uvinha :) :) :)

      Eliminar
  3. Adorei :) levas jeito. Boas Pedaladas. beijinho

    ResponderEliminar

Aqui não há censura...