terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Da escrita...

Gosto cada vez mais de escrever com duplo sentido. Há pessoas que pensam que me conhecem porque podem ler aquilo que escrevo. As pessoas que realmente me conhecem ficam confusas com o que escrevo.

17 comentários:

  1. a verdade é que podemos escrever o que quisermos e isso não significa que estamos a ser verdadeiros ou a expor aquilo que somos...

    ResponderEliminar
  2. a verdade é que por vezes apenas nós sabemos o que as palavras significam :)

    ResponderEliminar
  3. As palavras para nós por vezes são um código secreto que só nós entendemos.

    ResponderEliminar
  4. Olha... Continha "masé" a escrever e pronto :)

    Beijo

    ResponderEliminar
  5. Olha que tenho escrito algumas coisas e reparado que as pessoas estão a confundir :/

    ResponderEliminar
  6. Tenho saudades tuas...

    (e epá, estou tão farta das minhas colegas.. Foi só um desabafo... Era isso ou espetar com a cabeça da gaja em cima da secretária :D

    ResponderEliminar
  7. Cláudia,

    Estou sempre no email para ti minha querida. E no telemóvel. Tu sabes. Rais partam as gajas ;)

    ResponderEliminar
  8. Bem-vinda! Já ando nesses posts há muito tempo e sim, sabe bem. ;)

    ResponderEliminar
  9. É engraçado colocar as coisas nas entrelinhas para que só tu é que saibas...realmente faz confusão!!!!

    ResponderEliminar
  10. Escreves uma coisa qualquer, porque te apetece, e as pessoas ou acham que tens uma vida fantástica ou que estás à beira do abismo. Enfim...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. lol E eu só conheço aquilo que apresentas neste cantinho. Pode significar pouco ou nada, mas que pelo menos eu saiba que és verdadeira.

    beijo

    ResponderEliminar
  12. Guida, não posso ser mais verdadeira, escrevo só com o coração.

    ResponderEliminar
  13. como te percebo! escrevo tanta coisa que fica toda a gente a 'anhar'... é delicioso :p

    ResponderEliminar
  14. E isso às vezes dá mesmo jeito ;)
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  15. Força miuda! Baralha aí a malta toda!

    ResponderEliminar

Aqui não há censura...