segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Lista de resoluções para 2015

Nunca faço resoluções de ano novo, nunca olho para um novo ano como uma nova oportunidade, olho-o como trezentas e sessenta e cinco novas oportunidades. Se me apetece cortar o cabelo, fazer uma mudança radical, comprar qualquer coisa, ir a algum local, faço-o quando me vem a ideia à cabeça, ou quando a vida me permite. Não preciso de um novo ano para fazer uma dieta, um dia olho-me ao espelho, acho que preciso e faço-a, desisto sempre, por isso tanto me faz começar no dia 01 de Janeiro como no dia 14 de Março, ou num outro dia qualquer. Nunca deixo de ir ao ginásio, por isso nunca poderei marcar uma data para recomeçar, vou as vezes que me apetece e não as que me imponho meses antes. Leio os livros que me apetece e pedalo sempre por paixão. Nunca risco nada, nem ninguém, definitivamente do meu mundo, nunca digo que desta água não beberei, seja no início ou a meio do ano. Não gosto de fazer planos a longo prazo, gosto de ir aproveitando cada dia da melhor forma possível, gosto de ir vivendo ao sabor da corrente. E sei bem que a vida não é assim tão linear para que uma lista de resoluções valha alguma coisa, as resoluções, as vontades, os desejos, os sonhos, mudam num minuto, tal como a vida. 

6 comentários:

  1. Escrevi mais ou menos o mesmo no meu cantinho!
    Um 2015 fantástico!

    ResponderEliminar
  2. Nunca gostei de fazer planos e agora ainda menos...espero o dia a dia e vou fazendo o que consigo...

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Belo post. Muitas verdades por aí...

    Beijocas

    ResponderEliminar
  4. Eu dantes fazia alguns planos. Agora não, nem planos nem desejos... O que for será...

    ResponderEliminar

Aqui não há censura...