segunda-feira, 21 de setembro de 2015


O Deus das Pequenas Coisas
Arundhati Roy

5 comentários:

  1. Pois é, vivemos como se não soubéssemos que um dia vamos morrer :) pergunto-me se conseguiríamos realmente viver tendo a verdadeira percepção (e não esta noção meio apagada) de que somos finitos...

    ResponderEliminar
  2. Pois eu acho que de certa forma fazemos tudo a pensar que um dia acabou. Acho que se fossemos imortais não faziamos nem metade, porque "um dia faremos isto.." seria para toda a eternidade.
    Por isso de qq das maneiras, a morte é a melhor invenção da vida, como diria o Steve Jobs.

    ResponderEliminar
  3. Sabemos muitos dos fins de muitas histórias mas não podemos prever qual será a nossa. Muitas vezes até pensamos que sim, mas na realidade temos sempre aquele sentimento que a podemos mudar, por isso vivemos tão intensamente como se não soubéssemos.

    ResponderEliminar

Aqui não há censura...