terça-feira, 5 de novembro de 2013

Sobre o meu AMOR maior...

Não sei se é desde sempre. Sei que é desde que me conheço. Eu e o meu pai chamamo-nos assim, com um assobio. Assobiamos um pelo outro sempre de forma natural. Em vez de "anda jantar", assobio. Em vez de "já vou", assobio. Em vez de "estou à tua espera", assobio. Em vez de "já cheguei", assobio. Em vez de "PAI..." ou "VERA..." em voz alta, como quem chama por todos os outros, sempre um assobio, sempre foi uma forma de comunicação aliada a uma brincadeira. Um de nós assobia o outro responde com um assobio, porque já sabe do que se trata. Até que um dia uma ave que provavelmente habitava nos arredores da horta do meu pai, de tanto nos ouvir, nos descobriu o segredo e aprendeu a responder-nos também em assobio. Ainda nos enganou algumas vezes, mas depois eu e o meu pai unimo-nos contra ela e passamos nós a enganá-la e a saber ainda melhor distinguir o assobio um do outro do assobio da tal ave que nos tentava imitar. Ainda hoje eu e o meu pai nos assobiamos, mas muito mais que uma forma de comunicação, muito mais que uma brincadeira, tornou-se numa cumplicidade só nossa, que poucos entenderiam, mas que é também uma demonstração de um amor maior. "Pai, escrevi um post sobre isto", assobio.

11 comentários:

  1. Como o meu pai. Meu AMOR! :)

    Beijinhos Marianos, Loiraça mailinda! :)

    ResponderEliminar
  2. que cumplicidade única! :D não conheço ninguém assim! :)

    beijinho querida

    ResponderEliminar
  3. Lindo, lindo, lindo =)

    Adorei =)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  4. Uma cumplicidade única!

    Essa de enganarem o pássaro foi de mestre! Fizeste-me rir!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. que giro! :o

    r: espero que não seja em vão :s

    ResponderEliminar
  6. Que lindo esse amor maior, aproveita bem essa cumplicidade. é um assunto que me custa pois tinha uma relação espectacular com o meu pai e uma cumplicidade ainda maior, perdi-o em Julho...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um beijinho Gaja, em Julho chorei contigo.

      Eliminar
  7. Oh que fofura :) é bonito quando temos assim um aliado à maneira. Eu pessoalmente tenho uma forma de comunicar com a minha mana que por sinal é gémea, onde as pessoas ficam completamente às aranhas a tentar entender-nos. Acredita não é chinês, é português mas de tal ordem modificado e rápido que as pessoas perdem-se :) somos manas, podia dar para pior ;)

    ResponderEliminar

Aqui não há censura...