segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Batem leve, levemente, como quem chama por mim. Será chuva? Será gente? Gente não é, certamente e a chuva não bate assim. BATE MUITO MAIS FORTE...

Ontem, enquanto pedalávamos começou a chover, mas não foram só uns chuvisco, começou a chover a sério, ficamos todos encharcados. Há uns anos atrás detestava sair de casa com chuva, detestava a humidade no corpo, os pés nos charcos, os cabelos com caracóis provocados pelos pingos. Depois de começar a pedalar apaixonei-me pela chuva, é óbvio que por vezes não saio de casa para andar de bicicleta se estiver a chover muito, é óbvio que quando saio de casa para pedalar se estiver a chover me custa bastante, mas quando já estou no meio do monte e começa a chover eu adoro. Adoro de paixão. Ontem vinha a descer uma montanha enquanto a chuva caía torrencialmente, já não conseguia ver muito bem, tinha a roupa completamente molhada, sentia os salpicos da lama, cheirava-me a terra molhada e tinha na boca o sabor da chuva, quando chegamos cá em baixo decidimos procurar um abrigo, já estávamos cheios de frio, mas eu continuava feliz e com uma sensação de liberdade indescritível. O abrigo não resultou, continuamos a pedalar, mas em vez de escolher o caminho mais próximo até casa subimos ainda mais uma montanha e a chuva parou. Há muito tempo atrás depois de uma pedalada com chuva cheguei a casa e escrevi por aqui que pedalar à chuva me lava a alma, de cada vez que me sinto como ontem, enquanto descia uma das montanhas da minha vida e chovia torrencialmente tenho a certeza disso mesmo que escrevi há muito tempo atrás, pedalar à chuva lava-me a alma.

14 comentários:

  1. Há duas 'coisas' que me fizeram gostar e apaixonar pelo tempo de Outono e pela chuva: o Outono porque foi nessa estação que nasceu o meu filho e a chuva precisamente por ter começado a pedalar. Também não saio de casa se estiver a chover mesmo muito mas se desatar a chover a meio de uma pedalada gosto e sabe mais que bem...

    ResponderEliminar
  2. Eu sinceramente sou como tu eras á um tempo atrás, não gosto mesmo nada de chuva, muito menos de sentir a chuva no corpo.
    Mas compreendo essa sensação, a Ana quando faz os semináris de Karate, adora a chuva, sentir a chuva assim no corpo.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. este tempo tropical tem sido uma bela treta. não faço praticamente exercício nenhum mas quando andava mais ativa fazer caminhadas à chuva até não me sabia mal, exceptuando se fosse chuva torrencial ahah!
    R: o jogo é little big adventure, se gostares de jogos e antigos, é o ideal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Do tempo tropical também não gosto, mas estou ansiosa pela chuva.

      Eliminar
  4. Não te chamo de doida por pedalares à chuva, mas sim corajosa....ainda bem que o meu CrossFit se faz em boxes😜

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas os corajosos são todos um pouco doidos.

      Eliminar
  5. ...quando saraiva ou quando se entranha no coração, como foi o caso.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar

Aqui não há censura...