terça-feira, 14 de setembro de 2010

Vai ser muito difícil fazer passar a mensagem que quero, só com palavras

A minha paixão pelo BTT não tem só a ver com o facto de eu ser viciada em exercício físico, não tem só a ver com o facto de eu gostar da bicicleta, não tem só a ver com a adrenalina da velocidade e com o facto de conseguir passar de bicicleta em sítios que nunca sonhei passar nem a pé, não tem só a ver com o facto de conhecer pessoas fantásticas e de me divertir em cada passeio. Há muito mais para além de tudo isto, o contacto com a natureza foi algo que só depois de começar a praticar BTT consegui sentir mais e melhor. Hoje, acho que conseguia passar horas e horas no cimo da montanha, absorvida nos meus pensamentos a contemplar e a respeitar a natureza. É inexplicável a sensação de subir a montanha e depois de todo o esforço parar lá em cima, ver a cidade tão pequenina lá em baixo e respirar fundo, o ar puro. É inexplicável a sensação de ver uma cachoeira ali, tão perto de casa e saber que pouquíssimas pessoas a conhecem e que podemos pousar a bicicleta e ir tomar banho ali, mesmo vestidos. É inexplicável olhar cá de baixo para o fim da subida e saber que somos capazes, que conseguimos alcançar o topo. O topo que nem sempre é assim tão fácil de alcançar, nos próximos dias tenho dois topos, dois objectivos, não vai ser fácil, mas eu consigo, eu sei que consigo.

23 comentários:

  1. Oh loira:
    esses momentos são o teu encontro,o teu alinhamento de chakras,a descarga de um dia mau!!!
    Eu é andar a pé lá na terrinha com os auscultadores nos ouvidos ou na praia....e não tenho tido tempo para nenhum dos dois!!!!

    ResponderEliminar
  2. Com essa garra, de certeza que vais atingi-los! :))

    ResponderEliminar
  3. Eu também sou fã incondicional da natureza... o meu sonho até seria ter uma casa no topo de uma montanha (quem sabe um dia...)
    Mas quando se acredita consegue-se... e tu vais conseguir certamente!
    Beijocas doces***

    ResponderEliminar
  4. claro que consegues... tens tudo o que é necessario... garra n te falta
    bjs*

    ResponderEliminar
  5. Percebo a tua comunhão com a natureza, o silêncio e o descanço a bicicleta é um meio apenas :)

    ResponderEliminar
  6. A mim parece-me que escolheste muito bem as palavras! :)

    ResponderEliminar
  7. Entendo perfeitamente.. Faz-me lembrar os meus tempos de catraio. Em que passava horas e horas no meio da natureza. Os rios, as montanhas, a florestação. Hummmm. Todos os dias parecia a primeira vez.
    beijo

    ResponderEliminar
  8. Não duvido que o consigas ;)!! Mas, na verdade, o que importa não é o que os outros pensam, mas sim o que nós pensamos... E tu, pensas e sabes que consegues. De nada mais precisas ;).

    Beijinho

    ResponderEliminar
  9. porque que te pareceu familiar ? :s

    ResponderEliminar
  10. Inês,
    Espero que arranjes tempo, depois disto ficamos como novas.


    L.O.L.,
    Obrigado.


    M,
    Obrigado querida.


    Malena,
    De certeza que sim, é o que espero.


    Paula,
    Há uma montanha aqui perto que lá no cimo tem um penedo em forma de sofá, subir e ficar lá sentada com um olhar sobre a cidade é do melhor. Eu construía a minha casa lá e deixava ficar o penedo.


    Katia,
    Obrigado querida.


    Lampâda,
    Isso, sou eu.


    Dinona,
    A bicicleta ajudou-me a ver a natureza de outra forma.


    Bloguótico,
    Obrigado. :D


    Otreblada,
    Tens mesmo de vir dar umas voltas de bike aqui com a Loira, é indecente não gostares de bicicletas. LOL


    Margarida,
    Obrigado querida e é isso mesmo, eu sei que consigo. Beijo.


    ac,
    Já voltei lá.

    ResponderEliminar
  11. A Loira a escrever coisas bonitas! :D

    ResponderEliminar
  12. Acho que conseguiste transmitir a mensagem :) aposto que estes teus seguidores até ficaram com vontade de um BTTzinho :p Força pequerrucha * beijinho grande

    ResponderEliminar
  13. Com essa determinação e força, não duvido que consegues!
    Parabéns pelo teu positivismo, faz muita falta por aqui.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. estar no alto da montanha é realmente algo de maravilhoso.... inesplicável mesmo!
    boa sorte para esses objectivos!!

    ResponderEliminar
  15. Disseste tudo! Eu sempre compreendi a tua dedicação pelo BTT, e sei que não é só pelo exercício físico... Tu deliras cada passeio!

    beijo

    ResponderEliminar
  16. Caia,
    De vez em quando sai umas coisas mais sérias.


    Shell,
    que saudades tuas...
    Um dia destes organizo uma maratona do blog da Loira, alinhas?


    Fê,
    Obrigado querida, de facto eu sou positiva e isso ajuda. Beijo.


    Mysterious Girl,
    Obrigado querida.


    Petra,
    Obrigado barbie mais linda.


    Guida,
    Tu ultimamente emocionas-me sempre com os teus comentários. Obrigado querida.
    Um grande beijo.

    ResponderEliminar
  17. Eu também tinha saudades destas loucuras por aqui :$ não tem sido falta apesar de não me faltar vontade de andar aqui pela blogosfera :)

    Claro que alinho :D é para quando ? * beijinho

    ResponderEliminar
  18. A sensação de missão cumprida... de barreira transposta... com a natureza como cenário de fundo... ultrapassarmos os nossos próprios obstáculos... alimenta-nos a alma e conserva-nos o corpo! ;)

    Senti cada palavra que escreveste! :)

    beijo
    Sutra

    ResponderEliminar
  19. Shell,
    Temos que pensar nisso, mesmo e a sério. Um beijinho querida.


    Sutra,
    Eu percebi que sim, que tinhas sentido o que escrevi só na primeira parte do comentário, mesmo antes de frizares isso.
    Beijo.

    ResponderEliminar

Aqui não há censura...