quinta-feira, 19 de julho de 2012

Avó...

Pensei em escrever-te quando partiste, fiquei imóvel a olhar o ecrã durante um bom tempo e não consegui, depois disso já me aconteceu o mesmo algumas, indeterminadas vezes. De cada vez que penso em escrever-te não consigo transformar este meu sentimento em palavras, talvez por ser demasido recente. Deixa-me triste não te fazer um post de despedida, mas tu sabes que não é fácil dizer Adeus sem me fazeres um carinho e dizeres que sou tão linda repetidas vezes, felizmente continuaste a fazer o mesmo até ao último dia. Hoje é o dia do teu aniversário e confesso que cheguei a pensar que poderia ser o último, mas nunca que já não estarias comigo. Poderia ser também o dia para escrever o tal post de despedida, mas decidi deixar isso para depois, Adeus ainda não se soa bem, hoje, até já...

15 comentários:

  1. Parabéns a ela, de certeza que está bem :)

    ResponderEliminar
  2. Não precisas de dizer ADEUS. Aliás, nós nunca conseguimos dizer adeus àqueles que amamos... e sabes porquê? Porque eles continuam (para sempre) presentes no nosso coração.

    Um beijinho especial à neta linda da sua avó... :)

    ResponderEliminar
  3. E não precisas dizer Adeus, até porque me parece que terás sempre contigo um bocadinho dela :)

    ResponderEliminar
  4. Ó pá,a morte é tão estúpida...muita força por aí....

    ResponderEliminar
  5. É sempre bom desabafar, exteriorizar a dor. Força

    ResponderEliminar
  6. Ainda bem que o meu post te fez rir.
    Espero que esteja tudo bem, a tua avó vai estar sempre contigo. Percebe-se pela maneira como escreves :)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  7. Para algumas pessoas, não se diz adeus nunca. Será sempre um "até já"...

    ResponderEliminar
  8. Não digas Adeus querida, ela permanece dentro de ti.

    ResponderEliminar
  9. as avós nunca perdem o brilho, mesmo quando já não estão aqui tão perto
    *
    passei pelo mesmo, já faz um ano e meio, e ainda assumo tudo como uma pausa e não como um fim =\

    ResponderEliminar
  10. Sabes, o meu avô morreu há 11 anos e eu nunca lhe disse adeus. Não consigo fazê-lo porque eu continuo a pensar nele, a falar com ele e a lembrar-me dele, por isso para mim dizer adeus não faz sentido ;)

    Muitos beijinhos :)

    ResponderEliminar
  11. Não lhe digas adeus... eu nunca disse adeus à minha... e acho que nem o consigo fazer... =/
    ela vai esta sempre contigo
    Parabéns para ela*

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  12. olá. parabéns à tua falecida avó e para ti também, por essas lindas palavras. Linda homenagem que lhe prestas. As pessoas especiais e de quem gostamos ( as que se foram ) só temos de adormecer o sofrimento que sentimos por terem partido. Adormecer não significa esquecimento. Eu não sofro tanto como nas primeiras semanas em que morreram, como no primeiro ano, mas penso neles todas as semanas, mas sem sofrer muito. Sofre-se o normal . beijos e um abraço

    ResponderEliminar
  13. Eu acho que a tua avó está bem contigo, por isso um até já tem todo sentido :)

    Beijito*

    ResponderEliminar
  14. O adeus não é para dizer quando se quer, mas sim quando o coração quer.
    Poderás lá chegar ou não, tudo depende.
    Já não tenhoa vós e perdi o meu amdo pai. Recusei-me a dizer-lhe adeus durante uns anos. Nem celebrar o natal queria, foi muito dramático para mim e para os que viviam comigo.
    Hoje já lheconsigo depositar um beijinho na fotografia e sentir que não está comigo fisicamente.No coração só deixará de estar quando morrer.
    Mas, há um luto que se tem de fzer quando há perdas importantes.
    Um beijinho e fica bem.
    Pensa nos momentos que tiveram juntas.

    ResponderEliminar
  15. Não digas adeus pois ela vai estar sempre no teu coração. Há momentos que nunca se esquecem por muito que estejamos longe. Lembra-te quando olhares para o céu, ela é mais uma estrelinha e vai estar a olhar por ti. Bjs :)

    ResponderEliminar

Aqui não há censura...