quarta-feira, 18 de junho de 2014

Blog pessoal, às vezes humorístico e quase sempre bicicletário

O meu blog é acima de tudo pessoal, acontece-me que um das minhas grandes paixões é uma bicicleta e tudo o que vem através dela e acontece-me também de ser essa parte da minha vida que em determinadas alturas mais me inspira a escrever. Ler sobre bicicletas e sobre viagens a pedalar pode ser uma seca para quem vem cá parar e não tem interesse nenhum sobre o assunto, mas isso nunca me importou muito, do blog não espero visitas, não espero seguidores, não espero comentários, só espero que ele esteja sempre disponível, com espaços em branco para eu preencher com pedaços meus, coisa que não me parece muito difícil. Ainda assim, por causa do blog e da bicicleta, ou por causa de escrever sobre a bicicleta no blog surgiu a Susana que encontrou o meu blog por acaso na altura em que estava a dar as primeiras pedaladas e que teve a excelente ideia de me enviar um e-mail, ainda que indirectamente com ela surgiu a Joana (um dia conto-vos a história). E depois a minha Didi também começou a pedalar e a trocar e-mails comigo e a deixar-me muito feliz. Um dia fui reconhecida no meio do monte por alguém que lia o meu blog e também pedala por aí Um destes dias a Maria fez questão de me contar que o marido também foi a Santiago de bicicleta mais ou menos na mesma altura que eu, mas parece que ele não viu por lá nenhuma loira de bicicleta cor-de-rosa. De tempos a tempos recebo e-mails a fazer-me perguntas técnicas sobre bicicletas, a pedir-me conselhos ou a contar-me experiências sobre as suas vidas ao pedal, (não são centenas, mas são alguns e deixam-me muito feliz). Vejo, por comentários a posts que consigo ajudar algumas pessoas que estão a começar a pedalar e um destes dias alguém me disse que só depois de me começar a ler é que começou a compreender o marido, que também tem esta mesma paixão pelos pedais mas que não se sabe expressar tão bem ao ponto de a conseguir explicar. Há dias em que vale mesmo a pena ter um blog e gente atrás de um ecrã qualquer por aí, gente que não são visitas, nem números, gente que são pessoas.

12 comentários:

  1. Eu não ando de bicicleta, mas pedalo muito contigo:) e gosto!

    jinhoooooosssss

    ResponderEliminar
  2. E eu que gosto tanto de vir aqui, e que nem ando nadinha de bicicleta? Como é que explicas isso, hum loira?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então Uva, toda a gente sabe responder a isso, também és loira ;)

      Eliminar
    2. Obviamente por eu ser madrinha de pequena Cutxi.

      Eliminar
  3. Já me deixei da bicicleta...

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  4. Ai Loira que me deixas de lágrima no canto do olho... uma 'ssoa chega aqui ao teu blog e tem logo um post desses dá logo vontade de ir até ao cú de judas ter contigo com uma garrafa de vinho na mão e apanharmos uma grande bebedeira :-D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Até ao cu de judas???? Mas eu sou do norte, não é o cu de judas...

      :)

      Eliminar
  5. E eu que nem tenho biklas que me sirvam e estou aqui caída sempre que posso ?

    ResponderEliminar
  6. Eu quando cheguei aqui já pedalava, mas a minha paixão ainda ficou mais acesa. És uma inspiração. Bjocas

    ResponderEliminar
  7. Eu gosto desta tua paixão por bicicletas, das tuas aventuras :)

    ResponderEliminar

Aqui não há censura...