quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Sou uma gaja muito antiquada...

e de imensas, intermináveis paixões. Uma delas são os livros, adoro ler e envolver-me neles, com eles, mas a minha paixão não são só as histórias e as palavras que nos beijam são os livros também como objecto, é admirar uma estante cheia de livros, é pegar-lhe, são as capas e os autores, são as páginas, o toque, o cheiro, não há cheiro melhor do que o de um livro, é andar com o livro de um lado para o outro, é a companhia e a magia.

Isto tudo para vos dizer que não sei como é que as pessoas conseguem ler em formato digital. Para mim um livro será sempre um livro. Sou uma gaja mesmo muito antiquada.

37 comentários:

  1. Concordo :)
    Um livro na mão, será sempre um livro na mão.

    ResponderEliminar
  2. É claro que o prazer de ler um livro tem também muito a ver com o prazer do toque, do folhear página a página... do cheiro do papel...
    Mas Vera... a tua frase «não há cheiro melhor do que o de um livro» é muito redutora!! Vêm-me agora de repente à cabeça outros cheiros muito melhores... e alguns não tos diria sem ser ao ouvido!! (LOL)


    Beijinhos segredados... e cheirosinhos!
    (^^)

    ResponderEliminar
  3. Se isso é ser antiquada, então somos duas :) Também adoro livros e o seu cheiro é algo que não tem comparação. Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Eu... já não digo o mesmo. Depende. Tenho encontrado vantagens - mais leve, posso levar os livros que quero comigo sem andar a acartar uma mochila, posso marcar a página onde estou a ler sem ter medo de perder o marcador, é mais barato... Papel pelo culto, sim. Mas já nem o papel é o que era. ;)

    ResponderEliminar
  5. Eu adoro os livros. Adoro mesmo muito ler e sentir-me envolvido na sua magia :D
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  6. Também prefiro ler em papel, fora os blogs claro =)

    ResponderEliminar
  7. Como eu concordo com isto... Ainda nos últimos dias pensei sobre o assunto.

    Ando neste momento a ler um livro em pdf e nem sei o que me parece (mas só o faço, porque não o encontrei em formato fisico). E faz-me alguma confusão, pessoas que se dizem apaixonadas por leitura andarem a escolher capas e capinhas para os e-reader's :/

    ResponderEliminar
  8. confesso que eu tb ja tentei e não consigo
    bjs*

    ResponderEliminar
  9. Eu tenho um kindle e gosto. Mas adorar adorar não, porque concordo contigo os livros em papel dão-nos sensações únicas.

    ResponderEliminar
  10. Apesar de já ter ouvido vários argumentos sobre as vantagens do digital, continuo a não ficar convencida. O cheiro de um livro será sempre o cheiro de um livro.

    ResponderEliminar
  11. a minha filha é assim, já eu prefiro os e-books que não ocupam espaço nas estantes!

    ResponderEliminar
  12. Realmente, os livros são mesmo ótimo...

    Abraços.

    ResponderEliminar
  13. Isso é sinal que estamos a ficar velhos...os putos adoram tudo o que é digital. Mas sim não há nada como o cheiro a papel
    Desejo-te uma semana o melhor possivel e que continues a postares post´s bem engraçados.
    Uma beijoca charmosa e aguardo a tua visita no meu cantinho

    ResponderEliminar
  14. É pá! Comigo é tal e qualinho! :D

    ResponderEliminar
  15. Depois de comentar este post vou continuar a leitura do ebook que estou a ler neste momento! Lololololol=P

    ResponderEliminar
  16. Somos duas. Para mim um livro é para pegar nele e virar as folhas. Tenho muitos e gosto.
    Beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
  17. Comentei um dia destes com uma amiga minha que lê (e adora) num kindle, isso mesmo. "Não sentes falta de virar a página, sentir a folha, sentires a conquista do livro no número de folhas que viras?" :)

    ResponderEliminar
  18. Partilho da mesma opinião! Não vejo qual é a piada de ler em formato digital, para além de fazer um mal tremendo aos olhos :X Espero que os nossos queridos livros nunca acabem *

    ResponderEliminar
  19. Pelos vistos também sou antiquada.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  20. É verdade. Mas ando com a mania de comprar um Kindle. Por causa do peso dos livros e andar para a frente e para trás com eles de metro!

    ResponderEliminar
  21. Eu tambem sou e muito, nem as noticias gosto de ler em formato digital. Bj**

    ResponderEliminar
  22. Concordo contigo, ler o livro, folhear, cheirar e levar connosco...não tem nada a ver com o digital, eu também não gosto nada.

    ResponderEliminar
  23. Comigo depende. Gosto do livro literário físico. Mas coisas de trabalho prefiro o formato digital!

    ResponderEliminar
  24. Eu não consigo ler também, livro é livro :)

    ResponderEliminar
  25. Pois, minha querida, aqui está mais uma antiquada, para se juntar ao grandeeeee grupo!
    Há melhor "passeio" que meio-dia numa livraria?
    Beijinhos. :)

    ResponderEliminar
  26. Em formato digital perde-se muito a essência do livro. Também prefiro ler os livros à maneira antiga ;)

    ResponderEliminar
  27. Já somos duas então.O livro em formato digital não é para mim,não há nada como sentir um bom livro nas mãos.

    ResponderEliminar
  28. para mim livros são em papal, adoro o cheiro dos livros, de uma estante cheia :)

    ResponderEliminar
  29. Pertenço ao teu clube!

    Até os jornais tenho que ler em papel...gosto de sentir o "toque das palavras", mesmo que suje os dedos.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  30. Eu também sou um gajo muito antiquado, Vera. Livros digitais, nem vê-los!

    ResponderEliminar
  31. Idem Loirita.
    Gosto de ter os livros, de os cheirar, apalpar, transportar.

    ResponderEliminar
  32. Pois eu também sou assim. E se somos antiquadas SO BE IT :)
    Como adoro livros...

    Ainda há dias fiz um pedido no facebook para (quem tivesse claro) me emprestassem um determinado livro. Houve quem me respondesse: Se tivesse um IPAD arranjo-te o ficheiro!
    Mas o que é isto???
    Nada substitui o papel, o virar das páginas, o seu cheio tão particular... qual IPAD qual carapuça! Há antiga... tais como as cartinhas, não é Verinha?

    Um beijo carinhoso ღ

    ResponderEliminar
  33. Eu quando era estudante andava sempre com a porra dos livros de um lado para o outro...e nunca li romances de cordel nem tão pouco Sartre, freud, Althusser ou mesmo o Pendulo de Foulcaut........agora já adulto só leio o "CHEIRO do Dinheiro" que me dá um imenso prazer e aguça-me o intelecto como nunca até aqui.


    Klepsidra

    ResponderEliminar

Aqui não há censura...