sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Reler-me #11

Sinto-me um bocado perdida por aqui.

Não tenho cão, não tenho gato, não tenho sequer um peixinho. Gosto de me vestir bem mas detesto que me tirem fotografias. Selfies a fazer beicinho então era o fim. Não tenho instagram e até o facebook me cansa profundamente. Não sou mãe. Ao pequeno-almoço como pão e bebo leite com café ou na loucura uns cereais com iogurte líquido, mas com tanto sono se fosse fotografar aquilo era bem capaz de vos traumatizar. Pinto sempre as unhas de branco, preto ou vermelho, nada que vos interesse. Não sei cozinhar nada de jeito, muito menos teria coragem de vos dar uma receita de arroz com ervilhas. Não compro prendas para o dia dos namorados por isso também não tenho sugestões. Não faço pulseiras, nem gorros, nem capas para livros por isso não tenho nada para vender. Não gosto de ver televisão, comentar programas de entretenimento seria impensável. Não tenho patrocínios e seria uma desgraça a fazer publicidade. De tempos a tempos desapareço e perco completamente o fio à meada. Não tenho uma vida cor-de-rosa encaixada num mundo perfeito. Até hoje ainda não percebi o que caralho são as bagas goji.

Fevereiro de 2014

Sem comentários:

Enviar um comentário

Aqui não há censura...