quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Eu também arredondo, mas a saia, como dizia a canção

É que isto do espírito natalício é muito lindo e tal e arredonde aqui um bocadinho e compre uma CD da Popota e mais não sei o quê da Leopoldina, no final as grandes empresas têm muito dinheiro para doar que vai ser abatido nos impostos das próprias. Ou seja, nós ficamos sem o dinheiro, mas eles é que fazem a doação. Por isso mesmo, quando quero doar, faço-o directamente.
E a propósito do tema, é já no próximo sábado que vou fazer o que vos contei aqui. Estou feliz.

26 comentários:

  1. Eu também penso assim, quando quero dar algo faço-o directamente.

    ResponderEliminar
  2. é uma realidade...eu cá tb nao arredondo nada! Dou directamente, a esta ou aquela familia que precisa e que as x estão tão proximos de nós. beijinhos

    ResponderEliminar
  3. É injusto, é um facto. Prefiro dar eu a quem quero, directamente.

    ResponderEliminar
  4. Vera amiga:
    Força!Vai ser realmente muito interessante, depois quero saber tudo:)
    Já agora aproveito para te perguntar se tens dificuldades em entrar e comentar no meu blogue, porque tenho comentadores a queixarem-se que não conseguem :-( estou tão triste :-((

    beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Olha que bem observado. Nunca tinha vista por esse prisma!!! Nunca mais arredondo nada!! Obrigado por me teres aberto os olhos!

    ResponderEliminar
  6. Pois lá isso tens razão... eu quando posso faço directamente.
    E no mesmo rol dos arredonda e mais n sei que, acho estranho o facto de muitos "mendigos" que às vezes andam a pedir na rua e dão um calendario ou uma caneta...quer dizer para fazer os calendarios e comprar canetas precisaram de dinheiro certo? ao menos que o gastassem com comida ou roupa...agora fazer estas cenas...
    enfim:S

    ResponderEliminar
  7. estou contigo. Mesmo a história do banco alimentar contra a fome é um embuste. A malta paga a preço normal, os hipermercados batem recordes de vendas e em nada contribuem, apenas se enchem!
    com as chamadas de valor acrescentado a mesma coisa, o estado e a operadora recebem milhares e os tesos que ajudem!

    beijo grande

    ResponderEliminar
  8. Nem mais Loirita.É triste mas é verdade.O raio das empresas ficam sempre a ganhar.
    Depois quero saber tudo!!!!Vai-te saber tão bem andares a ser mãe natal!!

    ResponderEliminar
  9. Tens toda a razão.
    Depois conta como correu o evento de sábado. O do meu motoclube está a ser hoje, mas não pude ir porque estou a trabalhar:(
    Bjokas

    ResponderEliminar
  10. Vê o meu último post no BM! :*

    beijo
    Sutra

    ResponderEliminar
  11. oh Veríssima (curtiste a mençao à casa dos segredos? lol) entao nao eh k ainda n t tinha adicionado?

    ora vamos la seguir a vera, k eh o k está a dar!

    ResponderEliminar
  12. Não ficaram muito ricos comigo. Só arredondei 1 cêntimo. :-P

    ResponderEliminar
  13. Tens toda a razão e concordo, pois faço exactamente o mesmo. É a "responsabilidade social" mas às custas dos outros. Ficam bonitos na foto.

    ResponderEliminar
  14. Olha que ainda não tinha pensado nisto do abatimento no IRC... e por acaso este ano já me "cravaram" com um arredondamento. Quando foi da Madeira, disse à menina (alto e bom som loool): não arredondo porque eu sou cubano eheheh.

    Bjs

    ResponderEliminar
  15. Querida Vera, não podia estar mais de acordo, ainda há pouco tempo me perguntaram o mesmo, e eu disse que não queria arredondar , eram só 10 centimos mas prefiro ajudar os que precisam de mim á minha volta, ainda bem que existem pessoas que pensam assim.bj

    ResponderEliminar
  16. True!

    Estou ansiosa por ver! :D

    ResponderEliminar
  17. Já este sábado? Boa!!! Tb gostava de te acompanhar nesta bela aventura!
    Tem cuidado com o frio!!! Com o coração ;) e acima de tudo, que consigas aquecer o coração de muitos!!!

    ResponderEliminar
  18. Eu também concordo contigo, estas campanhas do caneco.. *

    ResponderEliminar
  19. Pessoal,
    Nós podemos doar às mesmas instituições, não estou a dizer para não o fazerem, mas se o fizermos directamente, aqueles que ganham milhões de lucro anualmente não vão ver os seus impostos reduzidos à nossa custa.


    Beijo a todos.

    Corina,
    Veríssima, adorei... mas eu não tenho uma voz que se pareça, sequer.

    ResponderEliminar
  20. é isso mesmo loirita, em vez de tirarem do bolso deles que têm mais que nós....
    Também prefiro dar directamente e dou muita roupa todo ano não só no Natal! bjo

    ResponderEliminar
  21. Nada como doar directamente, esses gajos das gramdes superficies beneficiam com a nossa generosidade

    ResponderEliminar
  22. Vai-te a eles FERA! GRRRRRR!
    Contigo a temperatura vai ser de PrimaVera. :))

    ResponderEliminar

Aqui não há censura...