segunda-feira, 27 de julho de 2015

O Caminho da Su

Já escrevi sobre a Su várias vezes, ela foi uma das pessoas que este blog me trouxe. Quando decidiu fazer O Caminho de Santiago pela primeira vez pediu-me ajuda e mail atrás de mail, paixões em comum e muitas coincidências depois ficamos amigas para sempre.
A Su está neste momento a fazer novamente O Caminho de Santiago, isso não tem nada de novo, já o fez várias vezes e vai continuar a fazê-lo sempre que puder, tal como eu, mas a Su está a fazer O Caminho de Santiago sozinha. Visto da minha perspectiva ela está a cumprir um sonho que também eu tenho e para o qual só preciso de uma oportunidade para realizar, visto da perspectiva de outras pessoas há muito para dizer sobre isto. Na cidade onde moro, por exemplo, o único grupo de pessoas que se aventura num Caminho em autonomia total sou eu e os meus, todos os outros pedalam muito depressa e muitos km, mas levam uma carrinha de apoio que transporta as roupinhas lavadas para saírem à noite e para pedalarem nos dias seguintes, os suplementos alimentares, o material de reparação necessário em caso de avaria e com cada grupo viaja um mecânico. Dito assim até dá vontade de rir, também eu comecei assim, quando ainda não percebia nada disto. Agora olho para eles com a certeza de que não estão a fazer O Caminho, estão somente a pedalar até Santiago de Compostela. Esta gente olha para nós como se fossemos uns malucos inconscientes, por isso gostava de lhe espetar com a Su nos focinhos. Gostava de lhes explicar que a velocidade e os km que fazem não valem nada comparados com a coragem da Su, gostava de lhes explicar que ela anda a pedalar sozinha no meio do monte com a roupa dela e tudo o que precisa às costas, gostava de lhes mostrar o quanto pesam uns alforges ou a mochila da Su neste momento, gostava de lhes explicar que a Su está a enfrentar as dificuldades do Caminho, o peso, o calor, a chuva e tudo o que lhe aparecer pela frente completamente sozinha e gostava de lhes dizer que chegar rapidamente a Santiago não vale nada perante isto. No sábado acompanhei a Su no seu primeiro dia de Caminho, foi um dia muito especial para nós, afinal foi o blog, mas acima de tudo O Caminho de Santiago que nos uniu, no final do dia regressei a casa e deixei a Su, para continuar a caminhada solitária a pedalar no Caminho que neste momento é só dela. Deixei a Su, com o coração apertado e a alma cheia de orgulho.


Bom Caminho Su. Quando chegares a casa imprime este post e cola no teu diário de bordo, no sábado estava pouquíssimo inspirada para o muito que havia a dizer sobre este teu Caminho. 

10 comentários:

  1. Que maravilha! Esta Su é Su-pimpa!!! É Su-perior!! É Su-per!! E lá vai ela, pela vereda.
    Boa sorte.
    E que grande malha.

    ResponderEliminar
  2. Eu também quero desejar à Su um Caminho magnífico. Não a conheço, mas a gente não precisa de conhecer as pessoas pessoalmente para gostar delas. E eu gosto da Su.
    E do comentário da incrível Uva também :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo que sei a Su também gosta de ti querida Susana.

      Eliminar
  3. Gostei da Su. Um dia gostava de ser como ela :)

    ResponderEliminar
  4. A Su é um exemplo a seguir, de força e de coragem, e também de amizade mesmo "à distância"... ;-)
    Só lhe tenho a agradecer (ela sabe do que falo...) e espero no futuro poder também fazer o mesmo...
    Um beijinho para a Su e outro para ti...
    :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Novidades: A Su chega hoje a Santiago :)

      Eliminar
  5. Cheguei agora a Coimbra e venho tão emocionada que ainda não parei de chorar.
    Foi o Caminho da minha vida.
    Foi tão dificil e tão fácil e a minha bicicleta além daquilo que já é para mim, foi também o meu cajado, pois posso dizer que o Caminho feito em parte a pé na companhia de todos aqueles que conheci e não consegui deixar para trás.
    Sinto-me muito emocionada, tanto que me custa (ainda) falar sobre isto.
    Ainda estou a digerir tudo o que se passou nestes dias, mas que houve um alinhamento perfeito das estrelas, houve!
    Susana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tu não te esqueças de imprimir isto para colar no diário de bordo.

      :) Aquele abraço

      Eliminar

Aqui não há censura...