terça-feira, 17 de março de 2015

Os meus livros #20 - O rapaz do caixote de madeira

Sinopse
Leon Leyson tinha apenas dez anos quando os nazis invadiram a Polónia em 1939 e a sua família foi forçada a viver no gueto de Cracóvia. Neste seu livro de memórias, Leon começa por nos descrever uma infância feliz, na sua aldeia natal e felizmente para a família, o seu caminho cruzar-se-ia com o de Oskar Schindler que os incluiu na célebre lista dos trabalhadores da sua fábrica. Na altura com apenas 13 anos, Leon era tão pequeno que tinha de subir para cima de um caixote de madeira para chegar aos comandos das máquinas. Ao longo desta história, que reproduz com autenticidade o ponto de vista de uma criança, Leon Leyson deixa-nos entrever, no meio do horror que todos os dias enfrentavam, a coragem, a astúcia e o amor que foram necessários para poderem sobreviver.


Se houvessem mil livros (possivelmente até há, eu é que não os conheço), com mil histórias de sobrevivência ao Holocausto, eu era capaz de os ler a todos e viver cada história intensamente. Esta é  simplesmente fascinante.

5 comentários:

  1. De facto, qualquer final feliz no meio daquela tragédia, será sp fascinante.

    ResponderEliminar
  2. Só a sinopse já dói... :)

    ResponderEliminar
  3. Eu estou enrolada com os Maias há tanto tempo :( nunca mais me despacho daquilo.
    Há tanta coisinha boa para ler :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tenho os Maias de lado para reler.

      Eliminar
  4. Pouco tenho lido...ando em fase não.

    Este não me vai escapar. pois é tema que muito me interessa!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar

Aqui não há censura...