quinta-feira, 18 de junho de 2015

Pessoas... pessoas... preciso (mais uma vez) das vossas energias positivas. Cheguem-se aqui à Loira.


Amanhã bem cedo parto para mais uma viagem, para mais uma aventura. Eu, os meus amigos, as nossas bicicletas, os nossos alforges e mochilas, vamos pedalar cerca de 280 km até Fátima. Depois de 3 dias a pedalar e se tudo nos correr bem chegaremos ao nosso destino no Domingo. Esta é uma viagem que quero fazer há muito tempo, mas que por vários motivos foi sendo adiada, finalmente chegou o dia. Sinto-me ansiosa, como me sinto sempre, nos dias que antecedem uma grande aventura.
O trajecto que iremos percorrer é o que podem ver no mapa, por isso, se me virem passar chamem-me, gritem, venham ter comigo, atirem-se para a frente da minha bicicleta, façam-se anunciar de qualquer forma. Só não me atropelem, por favor, que isso não me dava jeito nenhum.
Por enquanto desejem-me com caminho, enviem-me todas as vossas energias e todos os vossos pensamentos positivos, um dia destes faço um post a explicar-vos o quanto isso é importante.

Até já. Vou, mas volto. Para vos contar tudo.

22 comentários:

  1. Boa viagem e... aquele percursozinho à beira-mar: gosto!

    ResponderEliminar
  2. Vais fazer um bom bocado na N109, segundo me parece pelo mapa. Essa estrada às vezes é um pouco perigosa porque o piso é bom, e apesar de o limite ser quase sempre 50km/h, os carros aceleram e bem. Tenham muita atenção neste percurso, é comum haver acidentes por excessos. Já fiz o caminho a pé, bem mais de perto (Tocha - Fátima), durante 2 dias e só eu e Deus sabemos o que custou, mas chegar ao Santuário depois de tantas horas a andar é uma satisfação que não se descreve. Se te apetecer uma boa paisagem, uma boa esplanada e um fino fresquinho pára na minha Praia da Tocha :) Bom caminho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Almocei na Tocha no Sábado :)

      Eliminar
    2. Não me lembro como se chamava, mas era mesmo em frente ao mar.

      Eliminar
    3. Avenida? Um esplanada com chapéus vermelhos e ao lado uma avenida que desce em direcção contrária ao mar?

      Eliminar
    4. Tinha muitos chapéus vermelhos e amarelos, esplanada e lá dentro restaurante, ao lado tinha também uma pastelaria ( se não me engano) e à entrada tinha uma lista de petiscos numa prancha da Sumol. Quando estava lá lembrei-me de ti e do comentário que me tinhas deixado :)

      Eliminar
    5. É exactamente esse que eu estava a pensar, chama-se Avenida e tem o melhor pica-pau do mundo :D Com o dia de calor que esteve no sábado, deves ter lá passado um bocadinho agradável :D Noutro sábado qualquer era possível que eu por lá estivesse a beber café, mas no sábado passado estava num casamento! Chegar a Fátima foi qualquer coisa, não foi? :)

      Eliminar
    6. Tchi... que bem me soube chegar lá, vínhamos de uma interminável e esburacada recta desde Mira, estava um calor infernal e antes de seguir para Quiaios decidimos almoçar na Tocha, foi a melhor coisa que podíamos ter feito, estávamos esfomeados e a água que tínhamos estava a escaldar, a Tocha foi o paraíso para nós. E é uma praia lindíssima, não conhecia mas agora quero lá voltar, gostei especialmente daquelas casinhas de madeira que vi quando já vínhamos embora.

      Chegar a Fátima foi espectacular, indescritível. Conto voltar a fazer isto muitas vezes.

      Eliminar
    7. Ah... Já me esquecia, fugimos da N109, ao chegar a Quiaios tinha uma amiga à espera que nos mandou subir uma montanha e depois disso já estava na Figueira, a parte pior foi passar a ponte, passamos pelo lado, mas com as minhas vertigens não foi fácil controlar o pânico. Felizmente correu tudo bem, obrigada pelo toque :)

      Eliminar
    8. Então quando voltares à minha Praia avisa :) É um cantinho do céu, tranquilo, com animação qb, água gelada e claro, gente boa! (O meu registo da ida a Fátima, mas a pé: http://chama-sevida.blogspot.pt/2012/10/fui-fatima-pe.html). Quanto à EN109 há várias alternativas, desde Aveiro ate à Figueira há sempre o caminho das praias, passando por estradas florestais (como a que vai da Praia da Tocha a Quiaios), ou zonas de aldeia ali na zona da Costa Nova e Vagueira. A 109 é a estrada mais aborrecida do mundo para andar de bicicleta, e eu só costumo fazer aquele bocado Mira - Tocha.

      Eliminar
  3. Pensar positivo... deixa cá ver... "é sempre a descer" :)
    Boa viagem pelo nosso cantinho, à beira mar plantado!

    Ana

    ResponderEliminar
  4. Vais passar perto de mim :) bom caminho. Bjs

    ResponderEliminar
  5. Espectáculo! Boa sorte!

    Eu quero ir mas a pé =)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  6. Lá vai ela, largada por essas estradas fora!
    Força, loira! Boa viagem*

    ResponderEliminar
  7. Prometo que te chamo :P
    Susana

    ResponderEliminar
  8. Que maravilha, vai e aproveita bem, e depois conta tudo ;-)
    Beijinhos e bom caminho.

    ResponderEliminar
  9. Caraças, pá, ontem estive fora, no dia em que passaste quase à porta. Espero fazer esse caminho no mês que vem, de uma única assentada, na máquina de estrada. São menos 50 km do que os teus :)

    ResponderEliminar

Aqui não há censura...