quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Das Paixões...

Daquelas que deixamos entrar nas nossas vidas, sempre por tempo indeterminado. As paixões nunca têm um prazo limite, podem durar umas horas, uns dias, uns anos, ou podem durar para sempre.
Cedemos-lhe o nosso espaço, o nosso tempo, o nosso pensamento, o nosso mundo, por vezes cedemos-lhe até demais. Quando tomamos consciência disso queremos quase sempre impor-lhe uma pausa, um fim, mas nem sempre isso ainda é possível.
Das paixões... daquelas que nem sempre têm uma razão, nem sempre têm uma explicação, mas são nossas, só nossas, mesmo que o resto do mundo não consiga compreender. O resto do mundo não tem qualquer tipo de importância nas nossas paixões.


Eu continuo apaixonada pelo meu blog, provavelmente é por isso que quando fui convidada a escrever num outro me custou um pouco a aceitar o convite. Provavelmente é por isso que apesar de ter diariamente um milhão de ideias para escrever aqui nunca consegui lembrar-me de uma única para escrever por lá. Acho que é essa a explicação, só porque continuo completamente apaixonada pelo meu blog.

23 comentários:

  1. isso do blog, acho que tambem aconteceria comigo, acho que nao seria capaz de o conciliar com outro blog

    ResponderEliminar
  2. :) como te compreendo!Ás vezes custa-me manter os dois blogs, mas como são de temas diferentes, acabo sp por dar um jeitinho.

    ResponderEliminar
  3. Isso até tem uma razão, é sabido que não há amor como o primeiro! ;)

    Beijoca!

    ResponderEliminar
  4. E eu, pelo menos, "apaixonada" pela tua escrita :-)
    E eu a pensar que ias falar sobre aquela paixão assolapada que por vezes sentimos por alguém...afinal esse alguém é mesmo e apenas o blog?!
    Beijinhos,Sofia

    ResponderEliminar
  5. Eu acho importante sermos apaixonadas por tudo o que é importante na nossa vida, não só as pessoas que existem nela, mas também os nossos projectos, os nossos sonhos, as coisas que fazemos com carinho. Porque a paixão por essas coisas, é aquilo que mais dá sentido à vida.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  6. Se soubesses a paixão que eu tenho pelo "Ostras"... É o amante não homossexual mais fiel do mundo!

    Kiss kiss

    ResponderEliminar
  7. não te preocupes que aqui o pessoal da blogolândia também tem paixão por este cantinho!

    ResponderEliminar
  8. É dedicação ao que é realmente teu e apenas teu...e isso reflecte-se, no teu blog.

    ResponderEliminar
  9. Minha querida, sei o que estás a sentir, eu continua viciadamente apaixonada pelos meus ;-))
    e olha que não são poucos ;-)

    beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Ok.... sabes que me aconteceu exactamente o mesmo (se bem que eu ainda tenho umas quantas ideias pros looks desse blog, do mal o menos)? xD pelos vistos estou apaixonado pelo meu blog! e pelo teu tenho uma crush vá xD.

    ResponderEliminar
  11. Não há amor como o primeiro, ouvi dizer :)
    E percebo-te...

    ResponderEliminar
  12. Eu a pensar que estavas a falar do Sutra e do morenaço que conheceste na semana passada :P

    Minha Loira fantástica,
    Faz o que achares melhor e o que te diz o coração.
    Cá estarei para te apoiar.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  13. A vida é feita de paixões... sem elas nada faria sentido!

    ResponderEliminar
  14. Aconteceu-me o mesmo. No ano passado um amigo pediu-me para partilhar um blogue com ele... aceitei por boa educação mas a verdade é que só gosto do meu e mais nada. :P

    ResponderEliminar
  15. O que importa é estares completamente apaixonada por mim... aliás loucamente apaixonada!! loooool

    Somo tão feliz a teu lado (suspiro) :D

    beijo
    Sutra

    ResponderEliminar
  16. eu seria capaz de me conciliar com um blog que não fosse o meu se me dissesse algo. aquele para que foste convidada... não me parece a tua cara...

    ResponderEliminar
  17. As paixões são difíceis de explicar.

    ResponderEliminar
  18. Eu sou daquelas que acha que nem sempre é preciso ter uma explicação para gostar-mos de algo. Gostamos e pronto! O que é "nosso" é sempre melhor.

    ResponderEliminar
  19. Riga,
    É tal e qual a paixão carnal, estou incapaz de o trair.


    Belinha,
    No teu caso é diferente, os temas são completamente opostos e os dois fantásticos.


    Rafeiro,
    E este é mesmo o primeiro.


    Sofia,
    Eu sou uma mulher de grandes paixões, até a bicicleta e almofada já tiveram direito a declarações, o blog também merece.


    BS of Life,
    E eu apaixono-me todos os dias, pela vida. Adorei o teu comentário.


    MRPereira,
    Qualquer pessoa que te conheça minimamente vê essa paixão a léguas, se bem te lembras a única vez que "me chateei" contigo foi exactamente por isso, porque achava que tinhas colocado essa paixão à frente de outros valores, que no meu ponto de vista eram muito mais importantes.
    Um beijo enorme para ti, foi graças a esta paixão pelo Ostras e pelo Também quero um blog que fiz um grande amigo.


    Petra,
    És tão fofa barbie mais linda.


    Hugo,
    É isso mesmo, é meu.


    Fê,
    Devias ensinar-me um truque, como conseguir lidar com tantos, blogues, entenda-se.


    Ricardo,
    Tens um crush pelo meu blog? Já ganhei o dia.


    Crente,
    E este é o primeiro em tudo.


    Li,
    Eu não conheci ninguém semana passada. O meu moreno não é recente na minha vida.


    Louise,
    E eu sou uma eterna apaixonada.


    S*,
    É que é mesmo isso.


    Sutra,
    Achas que casaria contigo se não fosse o caso?


    António Branco,
    Pode ser um dos motivos, sim.


    Olhos Dourados,
    Muitas e muitas vezes sim.


    Borboleta,
    O nosso é mesm smpre o melhor, não há dúvidas.

    ResponderEliminar
  20. Tu, és tu, tal como és, aqui, onde começaste, onde aprendeste, onde te atreves... e nós vamos sempre gostar de te ler, seja aqui ou no outro blog, porque não importa o espaço, importa a pessoa.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  21. Margarida,
    Obrigado minha querida. Vocês emocionam-me.

    ResponderEliminar
  22. Se gostas deste,se extravassas tudo para aqui,não vejo qual a necessidade de criares um "alter ego".

    ResponderEliminar
  23. Inêzita,
    É mesmo isso querida, já tinha saudades tuas.

    ResponderEliminar

Aqui não há censura...